Colégio Global é pioneiro na área de educação com sistema fotovoltaico de geração de energia

Colégio Global é pioneiro na área de educação com sistema fotovoltaico de geração de energia

Notícias
Publicado por Carlos Barbon
17 de junho de 2019

Entrou em operação nesta semana o sistema fotovoltaico de geração de energia no Colégio Global. O sistema inovador é o primeiro  em toda a região na área educacional, conta com 154 painéis, que podem gerar em torno de 5700 kWh, ou em torno de R$ 4 mil em energia elétrica por mês. A instalação foi feita pela Sudenergy Energia, que conta com tecnologia austríaca para os inversores, fabricados pela Fronius.

De acordo com a diretora do Colégio Global Cleyde Rejane Treml, o investimento em geração de energia solar caminha junto com as diretrizes da instituição de ensino, que preza pela sustentabilidade em suas atividades. “Já fomos pioneiros com a instalação de uma cisterna para captação da água da chuva, em projeto criado por nossos estudantes, e agora avançamos com nossa própria geração de energia elétrica”, diz Cleyde.

Ela ainda ressalta a importância da adoção de uma forma limpa para geração de energia. “A energia solar fotovoltaica é peça fundamental na luta contra as mudanças climáticas e esperança de um futuro mais sustentável. Porém, para que esse futuro limpo se concretize, é importante educarmos as nossas crianças, as futuras gerações, sobre a sua importância e benefícios”, enfatiza a diretora.

Segundo Marco Antonio Bolson, da Sudenergy, os inversores de energia instalados no Colégio Global são da Fronius, empresa líder no segmento de geração de energia e que são fabricados na Áustria. “É o que existe de mais moderno em termos de tecnologia no mercado mundial”, observou. Marco ressalta ainda que antes da instalação, a empresa Schiefler Soluções Industriais, especializada em análise de estrutura, foi contratada para fazer a análise do telhado que receberia as placas solares, para garantir que o peso dos painéis não oferecesse qualquer perigo aos usuários do espaço. “Foram simulados situações de estresse mecânico e tivemos a certeza que nossos equipamentos poderiam ser instalados sem comprometer a estrutura”, explica Marco.

A instalação dos 154 painéis foi feita no telhado do Complexo Esportivo do Colégio Global e, foram observadas as características de insolação da região para que o máximo aproveitamento de irradiação solar seja aproveitada. “Uma escola tem que ser o exemplo vivo daquilo que é de melhor para a sociedade”, enaltece Cleyde.

 

A energia solar

Entre todas as fontes de energia renováveis permitidas para a autogeração, a energia solar é a melhor opção. O sistema de geração fotovoltaica é composto por dois equipamentos: as placas ou módulos solares e o inversor de energia. Ao longo do dia, os módulos solares captam a irradiação do sol transformando os fótons em energia elétrica, que é enviada diretamente ao inversor solar por meio de condutores elétricos.

O inversor converte essa energia de forma que seja possível sua utilização em qualquer equipamento elétrico. Quando houver sobra, ou seja, nem toda energia elétrica gerada for consumida, o excedente será enviado a rede da Celesc. A estatal, então, converte em créditos a serem utilizados no momento em que seu sistema de geração fotovoltaico não estiver produzindo, a noite por exemplo.

 

Roupas Recicláveis

Os alunos do Ensino Médio do Colégio Global esbanjaram criatividade na prova da Gincana que tinham que produzir uma roupa somente com materiais reci...

Dia da Literatura

Na semana passada a turma do Bebê Passinho do Colégio Global vivenciou o dia da literatura, no qual as crianças puderam mergulhar no mundo da imagi...

Solidariedade – No Colégio Global tem!

Alunos do Colégio Global doaram cestas básicas para as famílias da Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável de São Bento do Sul. As cesta...

Fale conosco!
Precisa de ajuda?